sábado, 30 de abril de 2011

Sorte ou Azar ? - Meg Cabot

(Desculpa falta de postagem, peguei conjutivite,é uma praaga!aaaah)
Durante essas dias vou está postando as resenhas dos livros que eu já li,e então resolvi começar por Sorte ou Azar. Eu gosto mt desse livro,porém fica na ultimo posição da lista de livros da Meg que eu mais amo, achei a Jen um pouco patética,mas já que a titia Meg é gênial ela cotorna a situação fazendo a história não ser tão patética quanto.
Tem aquela pitada de comédia e drama jovial que só nosso querida Meg sabe fazer (minha inspiração!)
e tb aquilo de " eu já vi isso em algum lugar ",mas de certe forma com um diferencial.
Dáa pra ver muito bem a evolução de alguns personagens,e a Jen já não é tão patética como no começo do livro,e eu não sei porque mais nesse livro eu até me simpatizei com a vilam,Tory,sério.



Sinopse: A falta de sorte parece perseguir Jinx onde quer que ela vá – e por isso ela está tão animada com a mudança para a casa dos tios, em Nova York. Talvez, do outro lado do país, Jinx consiga finalmente se livrar da má sorte. Ou, pelo menos, escape da confusão que provocou em sua pequena cidade natal. Mas logo ela percebe que não é apenas da má sorte que está fugindo. É de algo muito mais sinistro… Será que sua falta de sorte é, na verdade, um dom, e a profecia sob a qual ela viveu desde o dia que nasceu é a única coisa que poderá salvá-la?

quinta-feira, 28 de abril de 2011

80 seguidores!


 Sério, para muitas pessoas isso deve ser muito pouco,mas para mim é mt,porque eu sei que essas poucas pessoas lêem o que eu escrevo,e é isso que importa. Então eu queria agradecer isso tudo á vc's leitores (Aaah tô me sentindo akii) que em 5 meses fizeram uma simples brincadeira virar uma coisa tão séria, vc's não tem idéia de como esse blog é importante para mim e quando eu vejo alguém elogiando como eu fico emocionada. Thank You!

quarta-feira, 27 de abril de 2011

Wake - Gone (Lisa McMann)

Finalmente chegou a vez de postar a resenha do ultimo livro dessa série que eu amo tanto! Gone não foi um desfecho ruim,na verdade eu já li fins muito piores,mas depois do que eu vi em Fade (que foi um livro maravilhoso e surpreendente!) eu sinceramente esperava mais. Foi ótimo até onde parou,mas o problema foi esse,parou! deixa a gente com uma espectativa que não vamos poder ver,a não ser que Lisa McMann mude de idéia e escreva mais um livro. Quando acabou eu fiquei tipo " Hum ? como assim...deve ter algum engano", o livro todo te dá espectativas que existe uma solução para o ' problema ' (quem leu Fade sabe do que tô falando) mas página vai,página vem e nadaa,nadicaa de nada. Ou seja, acabei achando que ela prendeu  alguns argumentos e acabou que no ultimo livro não deu para ser colocado tudo que faltava,e tb que a autora não conseguio encachar muito bem todas eles,porque,pelo menos eu,esperava uma coisa mais feliz (ficou parecendo que eles ficaram esperando a hora da Jenny ficar cega e alejada) . Meu palpite é que talvez Lisa fez isso propositalmente, como uma critica a todos os livro com finais feliz para sempre,porque pelo menos o final de Gone deixa eles felizes,mas com a certeza daquele ' por enquanto' .
Mas enfim, mais uma série que despedaça meu coração de saudades, é tão engraçado esse sentimento de acordar hj e saber que não precisa contar mais os dias para o próximo lançamento de um livro dessa série,se estou me sentindo assim com Wake,só quero ver quando chegar a hora de dizer bye para Hush Hush (vou morrer!).
(PS: Cabel, eu sempre vou amar vc! aushauhs.)


Sinopse: As coisas deveriam estar muito bem para Janie – ela se formou na escola, e está passando seu verão com o Cabel, o cara por quem está completamente apaixonada. Mas bem no fundo ela está em pânico, pensando em como irá sobreviver ao seu futuro, quando o poder de ser sugada para dentro dos sonhos de outras pessoas finalmente começar a cobrar seu preço.
As coisas ficam ainda mais complicadas quando ela encontra o pai pela primeira vez – e ele está em coma. Enquanto Janie revela segredo de seu passado, ela começa a perceber que a escolha que ela pensa ter, pode reservar mais dores do que ela jamais poderia imagina

terça-feira, 26 de abril de 2011

O mundo já caiu baby, só nos resta dançar sobre os destroços.



Eu sempre estive entre aspas. Ficar triste é um sentimento tão legitimo quanto a alegria. Reclamar do tédio é fácil, difícil é levantar da cadeira pra fazer alguma coisa que nunca foi feita. Queria não me sentir tão responsável pelo que acontece em meu redor. Felicidade é a combinação de sorte com escolhas bem feitas. Pessoas com vidas interessantes, interessam-se por gente que é o oposto delas. Emoção nenhuma é banal se for autêntica. Dar certo não está relacionado ao ponto de chegada, mas ao durante. O prazer está na invenção da própria alegria, porque é do erro que surgem novas soluções, os desacertos nos movimentam, nos humanizam, nos aproximam dos outros. Enquanto o sujeito nota 10, nem consegue olhar pro lado, sobe pena de ver seu mundo cair. O mundo já caiu baby, só nos resta dançar sobre os destroços. Nosso maior inimigo é a falta de humanidade.

segunda-feira, 25 de abril de 2011

O Cemitério - Stephen King

Se vc gosta de livros de suspense concerteza vc já ouviu falar de Stephen King,ele é consagrada quando se trata desse assunto. O único livro que eu já li dele foi esse,porém estou atrás de outros, é difícil encontrar livros de suspense em bibliotecas municipais, quem já foi em uma sabe do que estou falando. É engraçado porque quando eu peguei o livro eu realmente achei a idéia tosca ' . Mas então aprendi a não julgar o livro pela capa (literalmente),e o li. Acho que todo mundo quando pega esse livro acha uma má idéia já na sinopse,mas na verdade,o autor faz a idéia parecer boa e madura,coisa que deve ter sido mt difícil,mas se tratando de Stehpen King se pode esperar tudo,de fantásmas a,como nesse caso,um cemitério de bichos ressuscitador.


Sinopse: O médico Louis Cheed decide aceitar uma proposta de trabalho no Maine e muda-se para aí com a sua família. Na casa onde passam a viver há um quintal ao fundo do qual existe um trilho que levaa um cemitério de animais, construído pelas crianças, devido ao elevado número de animais atropelados e mortos pelo intenso tráfego de grandes camiões que circula na estrada que atravessa a cidade. Porém, quando o Churchill, o gato da sua filha mais velha, Ellen, morre atropelado, Louis fica a saber, pelo seu vizinho Jud Crandall, da existência de um misterioso e perdido cemitério indígena que tem o poder de devolver a vida aos seres que nele são enterrados.

Ninguém é Perfeito

 
 
 
Quando estou nervosa eu tenho essa coisa de falar demais.Às vezes eu simplesmente não consigo calar a boca,é como se eu precisasse contar para alguém, qualquer um que vá escutar, e é aí que eu pareço ferrar com tudo.Eu esqueço as consequências, por um minuto que eu perco meus sentidos, e no calor do momento, minha boca começa a ir as palavras começam a fluir.
Mas eu nunca quis te machucar, eu sei que é tempo de eu aprender a tratar as pessoas que amo, como eu quero ser amada.Esta é uma lição aprendida e eu odeio que eu te deixei para baixo e me sinto tão mal com isso.Eu acho que o karma vai voltar, porque agora eu sou a única que está doendo, e eu odeio que eu fiz você pensar que a confiança que tivemos está quebrada, então não me diga que você não pode me perdoar.Porque ninguém é perfeito, não.Se eu pudesse voltar no tempo, eu juro, eu nunca quis cruzar aquela linha,eu deveria ter mantido isso entre nós, mas não, eu fui e disse ao mundo inteiro como eu sinto.Então eu sento e percebo com essas lágrimas caindo dos meus olhos, eu preciso mudar se eu quiser manter você pra sempre,eu prometo que vou tentar.


(Nobody's Perfect - Jessie J)

domingo, 24 de abril de 2011

O Diário de uma Mãe - James Patterson

Se vc gosta de livros do tipo Nicholas Sparks é provável que vai gostar dos livros de James Patterson. Eu me acabo de chorar com os livros dos dois,mas principalmente esse! Own,é mt lindo mesmo,e quando vc acha que não pode mais ser surpreendida chega o grande final e caba com vc.Sério,quando vc pensa que acabou é que vem o baque,mas é um livro mt bonito e cheio de trechos fofos que fazem vc suspirar e pensar ' Eu quero um homem desse' haha. Ao mesmo tempo é uma coisa inovadora,e que faz vc brigar consigo mesmo por ter tirado idéias precipitadas em algumas coisas.
Na hora que acabei de ler ,me deu mais vontade de viver e aproveitar um dia após o outro,porque como diz no próprio livro Mas, o que é a vida, se não a vivermos? . De uma forma bem especial o autor coloca uma tragédia com um final feliz,uma coisa que eu nunca tinha visto antes. Na maioria das vezes, ou um livro tem um final feliz ou trágico,didícilmente vc vê os dois,mas em O diário de uma Mãe vc vê uma exceção.Pela primeira vez na minha vida me coloquei no lugar de uma mãe e quando eu tiver um filho quero fazer o mesmo que a suzi fez,porque ninguêm sabe o dia de amanhã né? A vida se mostra tão longa,mas é tão curta. 


Ele a fizera sentir-se em paz consigo mesma. Ninguém jamais a fizera sentir-se assim. Completa e abençoadamente em paz.” (p.207)
 
 

Sinopse: O Diário conta a intensa, mas linda história de Katie, Matt, Suzzane e o pequeno Nicholas. Katie mora em Nova York e conhece Matt na editora em que trabalha. Ele foi selecionado para a publicação de seus poemas.
Logo que se conhecem surge algo especial entre os dois, e se inicia uma bonita história de amor. São onze meses de muita felicidade e cumplicidade, até o dia em que Matt vai ao apartamento de Katie e diz que não pode mais continuar com aquilo. Justamente no dia em que Katie iria lhe dizer que estava esperando um bebê.
Ao chegar do trabalha, muito desanimada, Katie encontra na porta de casa um diário antigo, com um bilhete escrito por Matt.
Querida Katie,
Lamento imensamente o que deixei acontecer entre nós. Talvez este diário seja a única maneira de explicar. Ele diz respeito a minha mulher e meu filho. Haverá trechos que talvez sejam difíceis de ler. Nunca esperei me apaixonar por você, mas aconteceu. Matt.”

sábado, 23 de abril de 2011

Ser Você .

  ''Acorde, garota! Você é linda, inteligente, tem um ótimo perfume e seus olhos brilham mais que um punhado de purpurina. Por que chora? Perdeu em alguma esquina seu encanto?! Ninguém pode tirar de você seu mais belo sorriso, motivo de idas e vindas saltitantes. Coloque sua música favorita para tocar, respire fundo e faça o que de melhor sabe fazer: ser você.''

- CAIO FERNANDO ABREU

O Amor acontece

Pelo o nome vc deve achar uma cafonice né? Eu tb achei,nem tava com animo para assistir,mas no fim se mostrou um filme totalmente diferente do que eu tinha previsto. Em primeiro de tudo tenho que falar que é com  a Jennifer Aniston,então é diversão na certa,e especialmente adorei a atuação dela nesse filme. Outra coisa que achei mt interessante tb foi os problemas que abordam nesse roteiro, e como é colocado tão bem no filme, tem  tudo para ser clichê,mas na verdade,usa esse argumentos para ser diferente.Adorei as frases do filme, e tb aquilo do protagonista não ser perfeito,ser tão hipócrita,e enquanto pensa que sabe de tudo se surpreende com seu proprio sofrimento. Eu posso ter amado a atuação da Jennifer Aniston,mas não gostei do casal protagonista não,dava pra ver que eles não tinham mt química,mas então,é uma comédia romantica daquelas de se entregar totoalmente.

"Dedique um momento do seu dia para sorrir, e logo após vira espontâneo."




Sinopse: O viúvo Burke Ryan (Eckhart) escreveu um livro sobre como lidar com perdas e como se tornou um Best-seller, ele se transformou num guru da autoajuda. Numa viagem de negócios a Seattle, ele conhece Eloise (Aniston)
e se apaixona por ela. Eloise assiste ao seminário de Ryan e consegue compreender que na verdade ele não conseguiu ainda enfrentar a morte da esposa.

sexta-feira, 22 de abril de 2011

Wake - Fade (Lisa McMann)

Eu postei a resenha de Wake-Acorde a semana passada,e como eu acabei de ler Gone (Siim,finalmente li!) resolvi falar sobre Fade tb. No começo do primeiro livro,eu adorei e achei já interessante,uma coisa que não aconteceu com Fade,nesse livro começou com aquele negoço de polícia,e ficou parecendo mais um livro de serial Killer do que um livro dessa série que nós tanto conhecemos e amamos. Mas enfim,resolvi pessistir e acabei amando mesmo,ainda mais que o primeiro livro,uma coisa que duvidava mt que acontessece.Ao mesmo tempo que teve mais ação e tudo aquilo,teve mais romance e mais conflitos,ou seja,foi menos paradão que o outro. Fade é o melhor livro da série,no meu ponto de vista,tudo praticamente é descoberto lá,mas vale mt a pena ler Gone,que é o desfeicho de tudo. E como de costume não poderia deixar de dedica um parágrafo totalmente ao Cabel,porque eu ainda tô totalmente na dele, Aaaaaah, casa comigo pfv?! Huaushaus. Nesse livro ele taah mais lindo siim,(não me pergunte como eu sei disso) e todo protetor com a Jeny, Meldels (Porque caras Nerd's me atraem tanto?)  Ler Fade só me deixou com mais água na boca para ver mais um livro dos meus preferidos nas telonas,agora é só torcer.Logo vou postar a resenha de Gone aqui tb.



Sinopse: Algo estranho esta acontecendo em Fieldridge High e ninguém quer falar a respeito disso Janie não consegue descobrir nada até que um dia entra em um pesadelo violento de sua colega de classe e esclarece tudo, mas o planos de Janie não sai como ela planejou.
A Vida de Janie e Cabel esta se tornando cada vez mais difícil, eles tentam passar um tempo juntos, mas não estão tendo essa sorte. Cabel começa a ter um comportamento muito estranho e Janie confusa com suas ideias e isso tudo só complica e traz graves consequências
para os dois. E tudo piora quando ela descobre a verdade sobre sua habilidade e sobre si mesma. Mais o que a vida reserva pra Janie é pior que o seu pesadelo mais terrível.

Mas o tempo passa rápido...

 
 
 
 
Savannah: Vou sentir saudades
John: Você não parece muito triste com isso. 
Savannah: É porque já chorei por causa disso, lembra?  além do mais, não é que eu nunca mais vá ver você. Finalmente percebi isso. 
Sim, vai ser dificil, mas o tempo passa rápido,
 vamos nos reecontrar, eu sei. eu sinto. assim como sinto o quanto você se importa comigo e o quanto eu te amo. sinto no meu coração que não acabou, e que vamos superar isso. Muitos casais conseguem. E os que não conseguem é porque não têm o que nós temos.

- Querido John

O Mágico de Oz

Oláa pessoinhas, desculpa a demora para postar,tava aproveitando um pouco o feriado e nem entrei no pc ontem. Mas enfim,eu estou de volta pronta para falar sobre uns dos contos que eu amo de paixão:O Mágico de Oz. Eu adoroo essa história,porque faz vc viajar em outro mundo onde vc sente a esperança de Dorothy em busca dos seus mais profundos desejos,é realmente incrivel.
Eu assistir o filme de 1939,eu sei,é realmente antigo. Na verdade,é uma verdadeira reliquia,mas passou no canal futura,e é claro que eu não perdi. Eu amo cinema,já pensei até em ser cineastra,porque amo falar sobre cinema,principalmente filmes antigos e clássicos,tipo, E o vento levou, Rebecca e o Mágico de Oz.
Meus amigos me acham chata por causa disso,quando começo a comentar sobre algumas coisa eu não paro,acho que é porque é dificil alguém acompanhar a minha capacidade de raciocinio,Haha. Todo mundo acha isso chato,mas eu acho tão legal,foi por isso foi que eu fiz o blog, afinal,deve haver alguém no mundo que não ache isso completamente besteira.
Judy Garland faz um ótimo trabalho como Dorothy (é por isso que eu amo ela ) quem conhece sua história sabe do que ela passou,foi difícil ser o patinho feio no meio de beldades como Elizabeth Taylor,quem não se sentiria feia? E mostra o que muitas de nós passamos hj. Sinto que ela poderia ter ido muito longe,que pena que se deixou levar por a presão e tudo mais,e enfim,acabou morrendo com o uso de remédios para emagrecer e tal.
Voltando ao filme,pode até ser meio idiota para as coisa feitas hj em dia,mas não deixa de ter sua essência em especial,e agora eu entendo quando diziam que ele revolucional a década. Own, estou tentando desesperadamente comprar os livros,deus me ajude ! E vc's já devem ter percebido que eu acho linda a música do filme Over the rainbown,como já postei aqui. Sempre que ouço dáa uma vontade de chorar (mantega deretida! haha).


Sinopse: Vivia a pequena Dorothy com os tios Henry e Emm numa pequena fazenda do Kansas. Seu único amigo era o cãozinho Totó que, durante uma tempestade, desaparece. Procurando-o desesperadamente, a menina entra no abrigo contra ciclones e esconde-se na pequena casa que, levada por um tufão pelos ares, termina por arremessá-la numa distante e desconhecida terra.
No meio da tempestade, Dorothy encontra seu animalzinho. Quando finalmente pousam, descobre que a casa caíra sobre uma perigosa bruxa, matando-a. Surgem alguns homenzinhos - os Munchkins - que eram dominados por aquela malvada senhora. Dorothy é aclamada como heroína, por ter matado a Bruxa do Leste.


quarta-feira, 20 de abril de 2011

Harry Potter e as Reliquias da Morte

Sinto muito em dizer isso,mais para mim o melhor livro da série de HP foi Enígma do Príncipe,sei lá,foi mais emocionante. Realmente Relíquias da Morte não me surpreendeu tanto, e não alcançou minhas expectativas para o final de uma série tão esperada.Own, queria tanto que tivesse mostrado mais o Harry e a Gina,neem mostra uma conversa deles nem nada,só no prólogo foi muito pouco para a minha curiosidade.
Por outro lado achei mt bonitinho as partes do Rony e Hermione,a cena do beijo deles foi mt fofa! E embora o foco do livro nunca tenha sido romance,mas sim as aventuras de Harry,acho que a autora deveria ter explorado mais isso pelo menos nesse livro que é o final e tudo.
Mas enfim...já está feito,e não foi um desfeicho ruim,agora as expectativas vai para o filme,e rezar para não sair besteira.



 
Sinopse: Harry Potter está prestes a fazer 17 anos, mas, ao contrário das outras vezes, não irá para Hogwarts após seu aniversário. Agora, escoltado por uma verdadeira brigada de bruxos, ele precisa fugir, antes que Voldemort o encontre. Esse ingresso brusco na vida adulta marca o início da aventura do jovem bruxo no último livro da série, Harry Potter e as Relíquias da Morte.

segunda-feira, 18 de abril de 2011

#Nowplaying - Till The World Ends ( Britney Spears )

Sério,um dia eu disse que Britney nunca voltaria a ser a mesma,e isso realmente não vai acontecer porque a idade chega minha gente! Mais isso nao significa que ela não seja maravilhosa,eu adoro a Britney e o seu novo Album Femme Fatale é totalmente d+, principalmente essa musica que é totalmente viciante. Talvez ela não seja a mulher da época de Toxic,mais ainda é o ícone pop da nossa geração,e que foi através dela que temos hj tantas cantoras.

Até o mundo acabar
 
 
Quando entrei, te deixei sem palavras, deu um nó na sua língua
Fale logo, porque eu quero muito uma companhia
Percebi que você está com tudo
Você percebeu que eu quero
Você sabe que posso levar para um outro nível, baby
Se você quer essa coisa boa
Mais louca do que os remixes
Baby, me deixe enlouquecer a sua cabeça essa noite

Eu não aguento, não aguento, não aguento mais
Nunca me senti, nunca me senti, nunca me senti assim antes
Venha me trazer, venha me trazer para a pista de dança
DJ, o que você, o que você está esperando?

Oh oh oh oh oh oh oh

Veja como eu me mexo quando perco, quando perco a cabeça
Te faço pirar com a dança emocionante no escuro
Você repara no que eu estou vestindo
Você repara logo que chega
Você sabe que posso levar para um outro nível, baby
Mais gostosa do que a lista VIP
O próximo na minha lista de sucessos
Baby, me deixe enlouquecer a sua cabeça essa noite

Eu não aguento, não aguento, não aguento mais
Nunca me senti, nunca me senti, nunca me senti assim antes
Venha me trazer, venha me trazer para a pista de dança
DJ, o que você, o que você está esperando?

Oh oh oh oh oh oh oh

Veja o sol nascendo, nós não vamos parar
Continue dançando até o mundo acabar
Se você está sentindo, deixe rolar
Continue dançando até o mundo acabar
Continue dançando até o mundo acabar
Continue dançando até o mundo acabar

Oh oh oh oh oh oh oh

Veja o sol nascendo, nós não vamos parar
Continue dançando até o mundo acabar
Se você está sentindo, deixe rolar
Continue dançando até o mundo acabar
Continue dançando até o mundo acabar
Continue dançando até o mundo acabar


Insaciável - Meg Cabot

Hey gentee, hj eu estou trasendo mais uma novidade para vc's, na verdade, uma ótima novidade! 
A nova série da titia Meg vai ser lançada no Brasil, aaah. Tenho que dizer que tô mt feliz? Eu ainda não li (não consegui baixar,mas agora que vai lançar,vou fazer um esforcinho pra comprar née?)
Mas a sinopse é MA-RA-VI-LHO-SA , e como sempre, Meg surpreende e inova,dessa vez abordando uma idéia que rola atravez do que acontece nos dias atuais,autores que escrevem sobre coisas que na verdade não é o que realmente gosta só para ganhar ibop,o que me lembrou do que eu já falei aqui no blog.
Pelo que eu vi me lembrou um pouco de Ela foi até o fim,porque mostra uma bordagem mais adulto,sendo menos teen do que seus outros livros,como A garota Americana (que eu amoo ) .
O primeiro livro que contém o mesmo nome da série vai ser lançado no começo do segundo semestre desse ano,e sem nenhuma surpresa,pela Editora Galera Record. (Todos os livros da titia Meg que eu conheço foram lançados por ela), e o segundo livro chamado Overbite ainda não tem data prevista para lançamento.
Então se saboreiem com a capa,a propósito,amei o comentário que há nela " A Mestra desse gênero", descreve bem Meg Cabot.

Sinopse: Cansada de ouvir falar sobre vampiros? Meena Harper também. Mas seus patrões estão fazendo ela escrever sobre eles de qualquer maneira, mesmo que Meena não acredite neles. Não que Meena não esteja familiarizada com o sobrenatural. Veja bem, Meena Harper sabe como vamos morrer (Não que você vá acreditar nela. Ninguém nunca acredita). Mas nem mesmo o dom de premonição de Meena pode prepará-la para o que vai acontecer quando ela conhece – e comete o erro de se apaixonar – Lucien-Antonescu, um príncipe moderno com um lado sombrio. É um lado negro que muitas pessoas, como uma antiga sociedade de caçadores de vampiros, preferiria vê-lo morto. O problema é que Lucien já está morto. Talvez por isso ele é o primeiro cara que Meena já conheceu com quem ela poderia ter um futuro. Entenda, enquanto Meena sempre foi capaz de ver o futuro de todo mundo, ela nunca foi capaz olhar para o dela própria.E quando Lucien é o que Meena jamais sonhou como namorado, de repente ele pode vir a ser tornar o seu pesadelo. Agora pode ser uma boa hora para Meena começar a aprender a prever seu próprio futuro. . . Se ela ainda tiver um.

sábado, 16 de abril de 2011

Over the Rainbow ... ♫


Em algum lugar além do arco-íris, bem lá no alto,há um lugar do qual ouvi falar uma vez em uma canção de ninar.Em algum lugar além do arco-íris os céus são azuis, e os sonhos que você ousa sonhar se realizam de verdade.Um dia vou fazer um desejo para uma estrela e acordar onde as nuvens estão bem atrás de mim.
Onde os problemas se derretem como balas de limão,onde você ultrapassa o alto das chaminés. É lá que você vai me encontrar...Em algum lugar...Além do arco-íris passaros azuis voam.Pássaros voam sobre o arco-íris.
Por que então, por que eu não posso? Se todos aqueles passarinhos azuis voam felizes além do arco-iris... 


(O Mágico de Oz - Amo )

O Diário de Anne Frank

Eu amo contar história,amo ouvir história, amo estudar história! (eu não tô loca taah?)
Esse livro pra mim carrega um significado único,ele poderia ser só mais uma história idiota falando sobre nunca perder a esperança,mas ele não é. Olho para ele e me lembro com lágrimas nos olhos das páginas da história mais realista que eu já li,e de uma pequena menina que no meiu de tanta desgraça carrega uma grande esperança. Vi que Anne usava a escrita como um modo de desabafo e tb de divertimento,afinal,o que se faz quando o mundo está caindo a sua volta e vc está trancada no porão da sua casa não tendo nem idéia do que será do amanhã ? Eu não sei,mas tenho certeza que ela soube.
O que mais me surpreendeu não foi a guerra,nem suas dificuldade,e muito menos seu modo de vida no porão da sua casa,o que mais me surpreendeu foi o modo que ela escrevia,e me lembro entre as primeira páginas que ela falava de não escrever sobre coisas banais,mais escrever como se estivesse mandando uma carta a uma amiga, que ela não tinha e que nem chegou a ter.
Quando soube que ela havia sido morta em uma campo de concentração, imaginei o que Anne escreveria, e no fim eu sabia que cada dia até o seu ultimo dia de vida,ela manteve a esperança.
Se no mundo todo mundo tivesse sido ela por um dia,concerteza valorizariamos muito mais o que temos e  revisariomos nossos valores.Lembrando que não estou falando sobre uma história de ficção,mas sim uma história real de uma garota que provou do que há de pior no homem.



Sinopse: Publicado originalmente em 1947, "O Diário de Anne Frank" já foi lido por milhões de pessoas em todo o mundo. Esta edição, porém, traz pela primeira vez a íntegra dos escritos de Anne, com todos os trechos e anotações que o pai da menina cortou para lançar a versão conhecida do livro. É comovente descobri que, no contexto tenebroso do nazismo e da guerra, ela viveu problemas e conflitos de uma adolescente de qualquer tempo e lugar. Neste volume, o leitor acompanha o desabrochar da sexualidade de Anne, surpreende-se com a relação conflituosa que a jovem tinha com a mãe e se emociona com sua admiração sem reservas pelo pai. Anne registrou admiravelmente a catástrofe que foi a Segunda Guerra Mundial. Seus diário está sempre entre os documentos mais duradouros produzidos neste século, mas é também uma narrativa terna e incomparável, que revela a força indestrutível do espírito humano.


"É por milagre que eu ainda não renunciei a todas as minhas esperanças, na verdade tão absurdas e irrealizáveis. Mas eu agarro-me a elas, apesar de todos e de tudo, porque tenho fé no que há de bom no homem. Não me é possível construir a vida tomando como base a morte, a miséria e a confusão. Vejo o mundo transformar-se, pouco a pouco, num deserto; ouço, cada vez mais forte, a trovoada que se aproxima, essa trovoada que nos há de matar; sinto o sofrimento de milhões de seres e, mesmo assim, quando ergo os olhos para o Céu, penso que, um dia, tudo isto voltará a ser bom, que a crueldade chegará ao seu fim e que o Mundo virá a conhecer de novo a ordem, a paz, a tranquilidade. Até lá tenho que manter firmes os meus ideais - talvez ainda os possa realizar nos tempos que hão de vir".                                       
                                                                                                                              ( O Diário de Anne Frank)

sexta-feira, 15 de abril de 2011

Wake - Despertar (Lisa McMann)


Wake é d +,pode parecer meio esquisito quando vc ver a sinopse mais não é nada disso,só é diferente. Eu sinceramente acho que tenho mais que um coração,sério,eu me apaixono mt rápido e por mt's personagens,e não foi diferente com o Cabel. Gente que homem é esse ? haha, Jannie de sorte viu. Adorei o começo do livro, principalmente por eles dois tiverem estudado desde de pequeno juntos e só vierem realmente se aproximar agora,porque não dá aquela impressão que vc ver na maioria dos livros de amor a primeira vista, não acredito muito nisso,a verdade é que acho que não acontece na vida real e ponto. Mas deixando bem claro que eu amo amores a primeira vista em livros,como eu já postei resenhas de muitos deles aqui no blog,mas enfim... achei mais realista no caso desse livro,e vc vai percebendo o envolvimento dos dois ao passar do tempo e a evolução dos personagens. E o que torna a história mais legal ainda,é que eles não nasceram ricos,não tiveram uma vida perfeita de histórias americanas e nem nada disso,na verdade, a vida deles é muito complicada com acontecimentos familiares e uma infância difícil, e em muitos livros vc ve ao contrário, um sempre é mais rico que o outro. Então, eles estão aprendendo a ter alguém, porque sempre tiveram que se virar sozinhos, e a minha cena preferida é a o Ónibus,quando ele pega na mão dela (Aaah, leiam e vc's vão entender o que estou dizendo!) .


 Sinopse: Para Janie, uma garota de 17 anos, ser sugada para dentro dos sonhos de outras pessoas está se tornando normal.
Janie não pode contar a ninguém sobre o que acontece com ela - eles nunca acreditariam, ou pior, achariam que é uma aberração. Então, ela vive no limite, amaldiçoada com uma habilidade que não quer e não pode controlar.
Mas, de repente, Janie acaba presa dentro de um pesadelo horrível, que lhe causa um imenso terror. Pela primeira vez, ela deixa de ser expectadora e se torna uma participante...

"Um romance lírico, cujas imagens permanecem com você, muito tempo depois de virada a última página, como o mais memorável dos sonhos."

  - Cassandra Clare

quarta-feira, 13 de abril de 2011

. Saberíamos

 
 
 Poderíamos casar, teríamos um apartamento, tomaríamos café as cinco da tarde, discordaríamos quanto a cor das cortinas, não arrumaríamos a cama diariamente, a geladeira seria repleta de congelados e coca-cola, o armário de porcarias, adiaríamos o despertador umas trinta vezes, sentaríamos na sala de pijama e pantufas, sairíamos pra jantar em dia de chuva e chegaríamos encharcados, nos beijaríamos no meio de alguma frase, você pegaria no sono com a mão no meu cabelo e eu, escutando sua respiração. Eu riria sem motivo e você perguntaria porque, eu não responderia, saberíamos.
 
 
- Caio Fernando Abreu.

"Talvez o mundo não seja pequeno, nem seja a vida um fato consumado.  Quero inventar o meu próprio pecado, quero morrer do meu próprio veneno..." 
 - Chico Chavier

Gravação de Instrumentos Mortais nesse mês ?

 Pelo titulo vc deve achar que o blog virou um site de fofoca né? haha,mas eu queria mt contar isso aqui gentee. Estava eu futucando no Portal Twilight quando veja a entrevista da Lily Collins (siim,ela vai fazer a Clary!) ela fala do Taylor Lautner e derrepente de Instrumentos Mortais,rapidamente entro no google e pesquiso a entrsvista toda. Eu me arrepiei de cabeça aos pés, estou muito aciosa para o filme,embora tb com medo da besteirada que eles podem fazer,eu já falei disso aqui e repito, muitos livros que viram filmes ficam uma porcaria.
Mas voltando ao tema em questão, na intrevista fala do rumor das gravações começarem nesse mês (abril) e tb do filme ser em 3D,ée isso mesmo! Em 3D. Eu não sei não se vai dá certo,mas espero que siim.
Outra coisa que falou na tal entrevista e eu não gostei nada é que vai ser gravado em Los Angeles! WTF ?
Merd# , como assim? que eu saiba os livros se passam em NY (), agora eles vem com isso, já não é um bom começo.
Lembrando que para o papel de Jace ninguêm ainda foi oficialmente contratado,mas tudo indica que seja mesmo Alex Pettyfer.

Quase ninguêm mais tem...

 
 
 
 
Não pretendo te contar sobre minhas lutas mentais. 
Você terá nas mãos minha simplicidade e minha leveza, que podem não ser totalmente verdadeiras, mas foram criadas com muito carinho pra não assustar pessoas como você. 
Não vou ficar falando sobre a complexidade dos meus pensamentos, minha dualidade ou minhas dúvidas sobre qualquer sentimento do mundo. Vou te deixar com a melhor parte, porque eu sei que você merece. Guardo pra mim as crises de identidade e a vontade de sumir. Você nunca vai saber que eu escrevo o tempo todo, em qualquer lugar. Muito menos que eu estou escrevendo sobre você neste exato momento. E não pense que é falta de consideração eu dividir tanto de mim com tanta gente e excluir você dessa minha segunda vida, porque há duas maneiras de saber o que eu não digo sobre mim: lendo nas entrelinhas dos meus textos e olhando nos meus olhos. 
E a segunda opção quase ninguém mais tem. 
 
 
 
(Veronica H.)






Beutiful Dead - Jonas (Eden Maguire)

Oláa meus amorees! Pois bem... Eu ouvi falarem desse livro em um dos comentários sobre a bienal, e senti uma curiosidade terrivel, então resolvi pesquisar. Gostei da sinopse,embora tenham me falado que algumas partes do livro é meio clichê,mas afinal, que livro não é clichê hj em dia ? Não que eu esteja falando mal dos nossos autores,mas a verdade é que não se acha mais nada inovador, e ser clichê não torna a história ruim,é natural nos dias de hj.Sempre que eu leio um livro eu tenho a impressão que já vi uma coisinha ou outra em algum lugar, acho que o autor as vezes faz isso no inconciente, e tb,muitas coincidências existem,falo isso porque as vezes estou escrevendo alguma coisa e isso acontece, é habito de leitura. Me lembrou o caso da Lisa Jane Smith com Stephanie Meyer, que foi feito muitas comparações entre crepúsculo e Diário do Vampiro,e dizem até que rolou processo e tal,mas o que é mais curioso de tudo isso,é que a Lisa só veio falar sobre isso depois do sucesso de Crepúsculo e do lançamento da série de Diário do Vampiro,mas os livro da titia Steph já tinham sido lançados muito antes do lançamento dos filmes, então achei um pouco como uma maneira de chamar a atenção,embora eu ame essas dois séries,cada uma da sua maneira,é claro. Mas voltando a Série Beutiful Dead, é sobre uns zumbis bonitões ,e um romance além da vida, na sinopse me deu a impressão de ser do mesmo tipo de I Heart you, you haund me , isso dele morrer e ela ficar viva e tal. A série é composta por 4 livros,porém só um foi lançado no Brasil (e os outros ninguêm sabe se vai né?, essas editoras é milhões de ano para lançar um livro já feito,é a treva haha)


Sinopse: "Nem vivos, nem mortos – entre os dois mundos vivem os Beautiful Dead. As mortes de Jonas, Arizona, Summer e Phoenix chocaram os moradores de Ellerton. Darina, namorada de Phoenix, parece estar ainda mais perturbada do que todos — visões e sons aterrorizantes a perseguem. No entanto, ela vai descobrir que a morte não é o fim; para alguns, a ligação com o mundo dos vivos é tão forte que recebem permissão para se despedir e, se necessário, lutar por justiça — eles são os Beautiful Dead. Neste primeiro livro da série Beautiful Dead, a corajosa Darina enfrenta garotos barra-pesada e momentos dolorosos do passado para ajudar o amigo Jonas a descansar em paz. Ganha também mais uma chance de estar ao lado de seu único e grande amor, Phoenix. Seria o amor mais poderoso do que a morte, a ponto de permitir a Darina nunca dizer adeus a seu amado?”

terça-feira, 12 de abril de 2011

Black Blue e Millennium


Dedico a Jessica Suza do Blog Love Will Keep You Up All Night que taah fazendo aninhos! Louca,varrida,lunática por BSB  (Preciso dizer que amo ? ) Parabéns flor !

(A foto não ficou das melhores mais o que vale é a intenção née? hehe)

segunda-feira, 11 de abril de 2011

Talking to the moon ♪

 
 
# Eu sei que você está em algum lugar lá fora,em algum lugar longe, eu quero você de volta.Você é tudo que eu tenho (...) À noite, quando as estrelas iluminam o meu quarto, me sento sozinho falando com a Lua, tento chegar até você na esperança de que você esteja no outro lado falando comigo também,
ou eu sou um tolo que fica sentado sozinho conversando com a lua.
 
 
 
(Bruno Mars )

O Diário de Bridget Jones - Helen Fielding

Eu peguei esse livro emprestado o ano passado com uma amiga, e ameei .Me indentifiquei mt com a Bridget , não que eu esteja tentando parar de fumar e desesperada por um relacionamento (leia meu perfil e verá que ainda sou nova para me preoculpar com isso!). Mas nós nunca ficamos satisfeitos com a nossa aparência, ou pelo menos é o meu caso, sempre querendo perder uns quilinhos... Hihi. Enfim, o livro é mt engraçado e mesmo sendo sarcástico,aborda a condição da mulher nos dias atuais, e o que eu mais gostei foi que a personagem principal não é perfeita, na verdade, ela é muito pouco inteligente e mt cômica !   I Love Bridget  
Foi como exemplo desse livro que eu comecei a contar as minhas calorias, mesmo eu não vendo nenhum resultado disso ainda ! haha
Eu sei que tem o filme,embora nunca tenha assistido, não achei em DVD,apenas em video cassete afzzz. Mas por enquanto não consigo, estou lendo o segundo Bridget Jones:No Limite da Razão.




Sinopse: Bridget Jones, uma mulher de trinta anos, decide, entre as resoluções de Ano Novo escrever um diário. Bridget Jones revela, a cada capítulo, as suas qualidades e os seus defeitos, além de expor com muito humor situações que fazem parte do dia-a-dia de várias mulheres nesta mesma faixa de idade: problemas com o trabalho, a busca do homem ideal etc. Cada capítulo do livro trata de um determinado dia na vida desta anti-heroína, que sempre inicia o seu relato contabilizando o peso e as calorias, cigarros e unidades alcoólicas que consumiu no dia anterior.

domingo, 10 de abril de 2011

Coincidências do Amor

Quem acompanha o blog deve já ter percebido que eu sou adepta e totalmente louca por comédias românticas,e esse filme liindo *--* além de ser uma ótima comédia retrata um conflito meio que familiar que mecheu mt comigo e me fez chorar. Talvez não mecha mt com vc's,como não mecheu com minhas amigas mais, de uma certa forma eu me indentifiquei .Voltando ao filme,a históriaa é lindissíma,e mostra pra muita gente que nem toda comédia romântica não tem pé nem cabeça, na verdade, vc tira uma moral no fim da história, e eu ameei a atuação do ator que faz o Sebastian . Owwn , uma gracinhaa mesmo! Deveria ter Óscas para ator mirim née? (já existe?) o personagem é mt fofo ,e o Wally tb, adoreii eles dois, aqueles tiks e tal, hehe,tal pai tal filho!



Sinopse: Kassie (Jennifer Aniston) é uma mulher madura e bem sucedida que sempre sonhou em ser mãe mas, infelizmente, o homem certo ainda não cruzou o seu caminho. A vida segue até que ela, enfim, decide fazer uma produção independente. Seu melhor amigo, Wally (Jason Bateman), é extremamente neurótico e não concorda com a escolha de Kassie, mas por gostar dela demais opta por não atrapalhar seus planos. Mas nem tudo nesta gravidez ocorre como planejado e as surpresas só estão começando a aparecer.

sexta-feira, 8 de abril de 2011

Selos e Desafios ; *

Bem, eu ganhei esses selinhos e esse desafio da Marrisa , do blog Paradoxo , Brigadaa Flor! *--*







Desafio :


Regrinhas: Levar o Banner do desafio. 
Responder ao questionário:

  G 1- GOSTARIA DE SER UM VAMPIRO E VIVER ETERNAMENTE?
Depende de que vampiro, tipo, eu não ligaria em viver em Morganville . Haha

2- SE FOSSE UM VAMPIRO (A) COMO GOSTARIA DE SER CHAMADO (A) ? -Aah, eu adoro o nome Daphine.

3- QUAL A IDADE GOSTARIA DE TER PARA SEMPRE? 20 taah bom.

4- QUAL SERIA SUA APARÊNCIA? - Odiaria ter olhos vermelhos, então gostaria de ser normal,na base do possivel,só que não reclamaria de ser mt branca não, até gostaria ! Own Damon,Stefan, Dimitre, se cuidem enquanto essa vampirona tiver na área! haha

5- SERIA DO BEM OU DO MAL? - Um Damon daa vida.

6- VIVERIA ENTRE OS HUMANOS OU PREFERIA SER SOLITÁRIO? Entre os humanos

7- CONSEGUIRIA VIVER DE SANGUE OU SERIA "VEGETARIANO”-
O bom de ser vampiro é chupar sangue, pq não ?

8 - QUAL SEU VAMPIRO DA FICÇÃO FAVORITO? Concerteza,Dimitre Belikov ()

9 - QUAL SEU LIVRO SOBRE VAMPIROS FAVORITO? Tem ainda dúvida ? Academia de Vampiros,mas tb curto os vampiros de Morganville. Amoo tb mt Diário do Vampiro (Damon perfeito)

10- ASSISTI ALGUM SERIADO SOBRE VAMPIROS ATUALMENTE? Diários do Vampiro 

11- INDIQUE UM FILME SOBRE O ASSUNTO: -
Os vampiros que se mordem e Entrevista com um vampiro,é, acho q é só esses mesmo.
12- O QUE ACHA DA SAGA CREPÚSCULO? - Acho uma história bem feita, mais digamos que eu odeie alguns personagens ( Se mataa Jacob!) e tb ache outros mt mocreia,lesada,idiota,aloprada,sem noção, sem vida e mt burra (Uma Bella idiota,isso sim!). Mas eu até que gosto do Edward,apesar de não concordar com algumas ações dele, tem o lado prínicpe encantado que eu sei que não existe mais no mundo,e isso me atrai   (é incrivel como o ser humano sempre qr o impossive!). Mas enfim, os personagens individualmente podem ser uma baitaa merda,mas juntos fazem uma bela história.

13 - QUAL O VAMPIRO (A) MAIS LINDO (A) DA ATUALIDADE? – Dmitre Belikov (Ó fodáastico!)
14 - QUAL O CASAL MAIS LINDO? – Rose e Dimitre ( Own mamãe!)

15 - PREFERE UM ANJO OU UM VAMPIRO?
Mt Difícil, mas o Pacth ganhaa de qualquer um! haha

16 - PREFERIA NAMORAR UM LOBISOMEM OU UM VAMPIRO? – Odeio Lobisomens, na maioria das vezes eles fedem !
17- SE FOSSE UM VAMPIRO NAMORARIA UM HUMANO?- Not , mt burrice.

18 - SE OS VAMPIROS EXISTISSEM SE APAIXONARIA POR UM? Claroo, só a adrenalina de poder ser mordida toda hora valee a pena
19 - SE FOSSE UM VAMPIRO SERIA VINGATIVO? Instinto natural

20 - SERIA BELO OU UM MONSTRO? A graça de ser um vampiro é ser bonito.

21 - QUAL PODER GOSTARIA DE TER?Fazer quem falar mau de mim ficar mudo,seria d+

22 - CONSEGUIRIA FICAR LONGE DE SUA FAMÍLIA? Siiim, por um Dimitre da vidaa,concerteza! haha #brinks

23 - SE VIVESSE ETERNAMENTE O QUE VOCÊ GOSTARIA DE FAZER NESSE TEMPO TODO?  Viajar mt,principalmente ir a Austrália.
24 - QUAIS LUGARES MORARIA? Londres, New York, aah vai ter a eternidade toda pra pensar!

25 - TERIA CORAGEM DE TRANSFORMAR ALGUÉM EM VAMPIRO? - Siim

26 - QUAL SERIA SEU PIOR INIMIGO? – Pessoas ignorantes.

Era para indicar 5 blog's ,mas já que eu tô morrendo de priguiça vou indicar só três :

quinta-feira, 7 de abril de 2011


  
                        "E antes que tudo ficasse escuro, quer saber a última coisa  em que pensei? Em você!''    
                   
(Querido John)

A Ultima Música - Nicholas Sparks

Eu tenho esse livro desde o lançamento,e eu me apaixonei pela história completamente. Nicholas Sparks escreve histórias maravilhosas, e mesmo que todas elas sigam o mesmo padrão (todas romanticas e tal) não é uma coisa clichê,quer dizer,pode haver algumas histórias comparativas,porém só o modo do autor escrever muda mt isso. Todos seus livros tem um diferencial e um significado único. Eu me lembro do primeiro livro dele que eu li, se chamava ' Um ano inesquecivel ' , que originol ao filme ' Um amor para recordar', e achei gênial,porque embora já tenha lido histórias parecidas, me tocou do mesmo modo, e é por isso que eu amo ler os seus livros,assim como os de James Patterson,que é outro queridíssimo (). Um autor talentoso como esse dois,não importa a idéia,é impressionante como a história sempre sai perfeita para os seus livros. 
Eu sou um tipo de pessoa que se torna fanática por alguns artistas (traduzindo: chataa) mas eu tb me apaixono por mt's autores , e algumas pessoas não entendem mt isso,então eu digo para elas: - Se mt's idolatram alguém que nem tem talento, porque eu não posso admirar algum escritor ? 
Eu sei o quanto trabalhoso é um projeto desse,desde o ano passado que eu tento terminar uma história e realmente não é nada fácil. Não é qualquer um que consegue transmitir suas idéias tão facilmente para o papel,e um livro não demora apenas um dia ou uma semana,muitos dos livros que temos hj demoraram meses, e até anos para serem finalizados,e é por isso que eu admiro escritores,principalmente hj em dia,que a escrita não é valorizada,e para viver da escrita é mt difícil,então imagino o trabalho que deve ter sido para eles antes se chegarem aonde chegaram,e para o que ainda não chegaram e ainda vai chegar.
# Haha,mas voltando a história, eu já asisstir o filme que trás a liinda da Miley como protagonista (pode me criticar,mas eu gosto dela e ponto!) e gostei,embora o livro seja mil vezes melhor!



Sinopse: Aos dezessete anos, Verônica Miller, ou simplesmente Ronnie, vê sua vida virar de cabeça para baixo, quando seus pais se divorciam e seu pai decide ir para a praia de Wrightsville, na Carolina do Norte. Três anos depois, ela continua magoada e distante dos pais, particularmente do pai. Entretanto, sua mãe decide que seria melhor os filhos passarem as férias de verão com o pai na Carolina do Norte.
O pai de Ronnie, ex-pianista, vive tranquilamente na cidade costeira, absorto na criação de uma obra de arte que será a peça central da igreja local. Ressentida e revoltada, Ronnie rejeita toda e qualquer tentativa de aproximação do pai e ameaça voltar para Nova York antes do verão acabar. É quando Ronnie conhece Will, o garoto mais popular da cidade, e conforme vai baixando a guarda, começa a apaixonar-se profundamente por ele, abrindo-se para uma nova experiência que lhe proporcionará uma imensa felicidade – e dor - jamais sentida.

quarta-feira, 6 de abril de 2011

Série Legados de Lorien - Eu sou o número 4

Mais um livro que eu soube da existência través do filme, quer dizer, eu ainda não assisti o filme,vai estrear nos cinemas ainda dia 15 desse mês. Umas amigas minhas leram o livro e estão loucas e apaixonadas por o Alex Pettyfer,que faz o papel principal  (que a proposito talvez faça o Jace em Instrumentos Mortais). A história me pareceu mt boa, e eu definitivamente estou querendo ler, mas se o filme pintar primeiro não faz mal née ? hehe.
Lembrando que " Eu sou o numero 4" é o primeiro volume de uma série,e já teve seu segundo livro lançado em agosto do ano passado nos Estados Unidos.



Sinopse: Nove de nós vieram para cá. Somos parecidos com vocês. Falamos como vocês. Vivemos entre vocês. Mas não somos vocês. Temos poderes com os quais vocês só podem sonhar. Somos mais fortes e mais rápidos que qualquer coisa que já viram. Somos os super-heróis que vocês idolatram nos filmes — mas somos reais.
O planeta Lorien foi destruído. Os habitantes foram dizimados, exceto nove crianças e seus nove guardiões, que se exilaram na Terra. Mas a raça que devastou aquele planeta os seguiu. Os Nove estão sendo caçados. A guerra deles chegou à Terra, e aqui será decidida.
Eu sou o Número Quatro é o primeiro volume da série Legados de Lorien, idealizada por James Frey, autor do polêmico “Um milhão de pedacinhos”, e escrita em coautoria com Jonie Hughes sob o pseudônimo de Pittacus Lore — o ancião de Lorien a quem foi confiada a história dos Nove.