quarta-feira, 27 de julho de 2011

Eu , Christiane F. 13 anos, drogada, prostituída .

Sabe aquela sensação de vazio,porque não se tem nada para se ler ? Pois é, eu estava exatamente assim esses dias,então achei esse livro que salvou meu fim de semana. No começo era só pura distração,mas depois eu realmente me interessei de cabeça na história, que se mostrou um grande livro.
Christiane é uma garota que por problemas com seus pais acaba se envolvendo com drogas e mais tarde a prostituição. Teve partes que me chocou,mas eu sinceramente a entende,pode parecer loucura,mas não me sinto no direito de julgar mais esses tipos de pessoas,porque ninguém sabe o que elas passaram para chegar no fundo do poço. Eu tenho vários problemas como o dela,nem por isso me vejo obrigada a procurar refugio na droga,mas tenho que ver que o mundo que vivo hoje é totalmente diferente do que ela vivei, e tb hoje temos muito mais informação e é mais liberal em relação a esses assuntos do que os anos 70.
Achei tb muito fofo o relacionamento dela e Detlef, apesar dos pesares, eu sei que talvez seja isso que a tenha levado aonde chegou,mas eu via um relacionamento de verdade no meio de tudo aquilo, e teve partes mesmo sendo nojenta,que eu vi como uma demostração de amor.
Eu concordo muito com o pensamento dela, não foi por uma futilidade que ela se drogou,como muitos filhinhos de papai de hoje em dia. Ela era uma das poucas que via o que realmente acontece no mundo,essas injustiças que até hoje acontece,e temos que viver como se não existissem.
A história é real, e a Christiane ainda é viva,hj já lá para os seus 53 anos... (Owwn, fiquei meio triste de não está com o Detlef,mas enfim, na vida real não há final feliz).
Tem o filme, que eu queria muitíssimo assistir mas filme antigo sempre só acho em vídeo cassete,mas quem tem vídeo cassete nos dias de hoje?
Mas enfim, Christiane virou um ícone nos anos 80 quando seu livro ficou em primeiro lugar na Alemanha e depois no resto do mundo,tipo ' A Anne Frank que sobreviveu' , como alguns costumam falar, e foi através desse livro que muitos pais tomaram consciência que isso não acontece só com os filhos dos outros,e enquanto você concorda com a sociedade hipócrita isso pode está acontecendo com seu filhos, e você pode muito bem saber no seu inconsciente,e só não querer enxergar ,como a mãe da própria Chris.
Eu recomendo esse livro,porque você nunca se arrepende depois de uma leitura como essa.
Trechos que marcaram ():


- Sobre a minha cama havia um poster que representava a mão de um esqueleto a agarrar uma seringa. Por baixo estava escrito “Isto é o fim. O princípio foi a curiosidade.” - “Um drogado não faz mais do que dar tristezas, preocupações, amarguras e desespero aos parentes e amigos. - (Christiane)
- Uns dias antes, tivera a visita de uma jovem que lhe confessou ser uma drogada e que lhe perguntou o que havia de fazer. 
_ E o senhor que lhe disse? – perguntei-lhe.
_ Que arranjasse uma corda e se enforcasse.
Não havia nada a fazer.” (Conversa de mãe de Christiane com um médico.)



- "...Tive coceiras no corpo todo. Fiquei nua e me cocei com a escova de cabelos. Cocei ate sangrar, principalmente as prenas. Isso nao era surpresa para mim. Eu sabia que os toxicomanos se cocam. Era por ai que eu os reconhecia no Sound. As pernas de Frank estavam em carne viva, nem um pedacinho de pele sa. Ele nao usava escova de cabelo, usava seu canivete." - (Christiane)






Sinopse: Auto-biografia de Christiane F., uma jovem alemã que se envolveu no mundo das drogas e da prostituição. 
O estranho ao ler esse livro é que a gente sempre imagina que essas coisas só aconteçam em países sub-desenvolvidos como o nosso, mas nunca em um país do primeiro mundo ...
A história narra a vida de Christiane, que cresceu em um bairro pobre e dentro de um ambiente violento, graças às surras que levava do pai alcoólatra. Devido a liberdade que sua mãe lhe deu, tentando compensar os terríveis momentos que passou com o pai, acaba cometendo um terrível erro, dando à Christiane uma vida sem regras, o que à leva facilmente para o mundo das drogas. Primeiro as mais leves, depois as mais pesadas, como a heroína. À partir daí, sua vida se torna um inferno, onde começa a se prostituir com apenas 14 anos para sustentar o vício.

sábado, 23 de julho de 2011

Hush Hush - Crescendo (Becca Fitzpatrick)

Acho bom postar logo a resenha desse livro porque eu tenho certeza que se não vou esquecer. Eu sempre fico em dúvida se Sussurros foi melhor ou Crescendo, mas acho que Crescendo é mais marcante e me deixou mais contrariada, é #Tenso.
Se você pensa que viu de tudo em Sussurros é porque definitivamente você não leu Crescendo,é muito mais misterioso e viciante,se é possível. Teve algumas atitudes dos personagens que abominei,mas eu acho que essa foi a intenção de Becca,mostrar que mesmo sendo um mundo fictício eles são tão humanos quando qualquer um,para sentir medo e insegurança. Tenho que comentar que Nora está muito mais irritante nesse livro, teve horas que me deu vontade de gritar com ela e dizer 'Meu Deus,escuta ele!' ,mas isso não adiantaria nada,não e? 
Não quero julga-lá ,porque sei que se tivesse no seu lugar talvez agisse igual,mas a verdade é que ela tem muita mais personalidade nesse livro,apesar dos pesares. Digamos que Nora nunca foi sinonimo de força,sempre foi meio água sem sal,e em crescendo ela mostra que passou por uma metamorfose que lhe trouxe mais força, e mesmo fazendo mais burrice,acho que a situação lhe troxia isso. 
No fundo eu sempre estive no lado do Pacth,acho que ele tb passou por algumas mudanças,mas nada que não o faça amar mais, e percebemos que ela tb se machuca tentando proteger a Nora de certas coisas,e perecemos que ele não é invencível,e seu lado humano ainda existe sim.
O fim foi a pior parte para mim, porque nos deixa na curiosidade do próximo,e meu coração ficou dando pulos e querendo mais,e então que venha Silencie.



Sinopse: Nora devia ter sabido que sua vida estava longe de ser perfeita. Apesar de estar começando uma relação com o seu anjo da guarda, Patch (que apesar do título, pode ser descrito como tudo menos angelical), e sobrevivendo um atentado à sua vida, as coisas não parecem boas. Patch está começando a se afastar e Nora não consegue entender se é pro seu bem ou se seu interesse mudou pra sua arqui-inimiga, Marcie Millar. Sem mencionar que Nora é assombrada por imagens de seu pai e ela se torna obsessiva em descobrir o que realmente aconteceu com ele na noite em que ele saiu pra Portland e nunca voltou pra casa.
Quando mais Nora mergulha no mistério da morte de seu pai, mais ela questiona se sua linhagem Nephilim tem algo a ver com isso, bem como por que ela parece estar em perigo mais do que uma menina comum.

sexta-feira, 22 de julho de 2011

Eu não era dessa forma .


 As vezes eu me pergunto: O que eu estou fazendo aqui ? Esse não é o meu mundo, eu não moro aqui. Meu Deus, o que aconteceu comigo ? Eu não era assim, eu mudei, me tornei uma pessoa completamente diferente do que eu era antes, me tornei o que ninguém queria ver, me tornei o que eu nunca quis e pensei em ser, eu não imaginava que pelo menos o meio da minha história fosse assim. De tantas decepções, tantas mágoas, tantas dores, desilusões, humilhações, aguentando as pessoas pisarem em mim o quanto elas quiserem, eu continuo aqui firme, não forte pra aguentar o que vem pela frente, mas continuo aqui, invisível, inútil, prestando atenção e detalhando o que acontece comigo. Eu me sinto só, me sinto frágil, sem proteção alguma e sem alguém pra dizer que vai estar do meu lado. Pois é, a vida me ensinou a ser assim, as pessoas que me fizeram isso que eu sou hoje, minhas experiências me mostraram o que eu estava em dúvida, e dos acontecimentos eu levo a lição de cada um deles, dos meus sofrimentos, eu aprendi do que eu devo desconfiar e evitar. Me tornei uma esquisita e infeliz, sinceramente eu não era assim, eu tento disfarçar que estou me sentindo bem, que está tudo bem comigo, mas não, as pessoas não percebem a infelicidade que tem por trás do meu sorriso falso, eles simplismente não entendem, eu já tentei explicar, eu me sinto inútil, as pessoas passam reto por mim, é como se eu não estivesse exatamente naquele lugar, me tratam como se eu fosse um objeto e fazem questão de jogar na minha cara os meus defeitos. Só sei que eu mudei, eu não pensava assim, eu não era dessa forma.

Diário do Vampiro - Reunião Sombria

Quando eu soube que havia mais um livro além de A Fúria meu coração saltitou,porque eu chorei muito nesse livro e eu não sabia o que aconteceria depois da grande trajédia, embora eu tenha achado muito lindo o que tenha acontecido. Em Reunião Sombria, acho que não se baseia tanto no triângulo amorosa,mas sim na relação entre irmãos de Damon e Stefan, e principalmente a Bonnie, que tem uma participação mais importante, e eu adimito que sinceramente estava torcendo para ela e o Matt,mas não aconteceu nada nesse livro,desculpa se estou tirando suas espectativas. A verdade é que a Bonnie mesmo não sendo a melhor personagem não fez ser  um livro ruim, embora eu ache que RS tenha sido meio fraco para um fim de série,e eu estivesse torcendo para que esse destaque fosse para a Meredith,porque adoro sua coragem e sua personalidade forte e marcante.
Eu tenho que comentar mais sobre o Damon porque vocês sabem que ele é o meu amor () , e eu senti muita dó dele em algumas partes,e muita raiva no final. parece que não importa o quanto ele ajude no final sempre será o cafageste,o que não é verdade. A Elena é egoísta,isso eu sei,e tb acho que muitos já perceberam,e não quero dizer que ela tenha que ficar com ele,mas pelo menos ela deveria tentar fazer alguma coisa para lhe ajudar,porque a verdade é que no fim ele se sente sozinho,mesmo que não dê o praço a torcer,e que ele realmente a ama.


Sinopse: Elena flutua em um misterioso limbo espiritual após se sacrificar para derrotar Katherine e salvar Stefan. Sua morte cobre Fell's Church de tristeza e desalento, mas é preciso seguir em frente. Bonnie, a melhor amiga, decide guardar o diário de Elena e ali registra os lentos sinais de recuperação da cidade, acompanhada de perto por Meredith e Matt. Mas sonhos perturbadores com a amiga morta estão prestes a mudar tudo... Pelos sonhos, Elena se comunica com Bonnie e avisa de um novo perigo a rondar a cidade. E só uma pessoa pode ajudá-los: Stefan. Mas o vampiro está desolado com a morte de Elena e tentando cumprir a promessa de permanecer ao lado de Damon. Os dois vagam sem rumo, sob a cruz de sua sina: a sede de sangue. Será que ele irá atender ao chamado inesperado que o colocará novamente no caminho de Elena - e daqueles que ela ama?

Percy Jackson e Os Olimpianos: O Ultimo Olimpiano - Rick Riordan

Mal acabei de ler o ultimo livro de Percy Jackson e confesso que já estou com uma saudade imensa,e embora eu saiba que ainda tem o Heroi Perdido e tal dá uma dorzinha no coração.Enfim,eu acho que tenho problemas em aceitar o fim das coisas,literalmente. Achei surpreendente e emocionante tudo em O Ultimo Olimpiano, se você não leu,recomendo muuitíssimo que leia,porque é um dos melhores fins de série que eu já li,nada me decepcionou,nada me fustrou,o meu amor só cresceu,e eu definitivamente não tenho palavras para expressar a emoção que eu senti em ver o Percy no comando,lutando como um homem e fazendo o que é certo. Tenho que acrescentar que agora eu entendo o lado de Luke,e mesmo sendo um meio sangue ele é humano,e sei que ele só estava revoltado com tudo que lhe aconteceu,não foi fácil. 
Durante esse dias e com a estréia de reliquias da Morte parte 2, eu assumo que ando meio deprimida, mas eu chorei muito nesse ultimo livro mesmo,e acho que muitas pessoas vão me dá razão. Falando desse assunto, eu ouvi muitos comentários sobre Percy Jackson ser o novo Harry Potter, o que não tem nada haver,embora eu amee as duas series, acho cada uma especial do seu modo, e HP não vai sair do coração dos fãns nunca,concerteza é o fim de uma era, e eu nunca vou esquecer da emoção em cada um dos livros e filmes que eu assistir. Lembrarei eternamente dos meus 8 anos quando li A Pedra filosofal pela primeira vez, como vou me lembrar do dia que terminei de ler o ultimo olimpiano. Concluindo, eu quero dizer que cada livro nos marca de uma maneira,e não é besteira,quem ama ler sabe do que eu tô falando.
 Trecho engraçado que eu ameei ()

“O deus do mar é um fedelho”, ele falou. “Foi você quem entregou o céu ao
Atlas de novo?”.
“Não foi difícil”, eu disse. “Vocês Titãs são tão brilhantes quanto minhas
meias de ginástica”. – (Pág. 150)




Sinopse: Os meios-sangues passaram todo o ano preparando-se para a batalha contra os Titãs, e sabem que as chances de vitória são pequenas. O exército de Cronos está mais poderoso que nunca, e cada novo deus ou meio-sangue que se une à causa confere mais força ao vingativo titã. Enquanto os Olimpianos se ocupam de conter a fúria do monstro Tífon, Cronos avança em direção à cidade de Nova York, onde o Monte Olimpo está precariamente vigiado. Agora, apenas Percy Jackson e seu exército de heróis podem deter o Senhor do Tempo.

quinta-feira, 21 de julho de 2011

Sou cheia de manias.


 Tenho carências insolúveis. Sou teimosa. Hipocondríaca. Raivosa, quando sinto-me atacada. Não como cebola. Só ando no banco da frente dos carros. Mas não imponho a minha pessoa a ninguém. Não imploro afeto. Não sou indiscreta nas minhas relações. Tenho poucos amigos, porque acho mais inteligente ser seletivo a respeito daqueles que você escolhe para contar os seus segredos. Então, se sou chata, não incomodo ninguém que não queira ser incomodado. Chateio só aqueles que não me acham uma chata, por isso me querem ao seu lado. Acho sim, que, às vezes, dou trabalho. Mas é como ter um Rolls Royce: se você não quiser ter que pagar o preço da manutenção, mude para um Passat."

"O problema é que quero muitas coisas simples, então pareço exigente."
(Fernando Young)

News - Boodlines

Eu soube pelo Blog Vivendo de Livros , que acabaram de disponibilizar o primeiro capítulo de Boodlines, que para quem não sabe é spinoff de Academia de Vampiros () ,e embora não seja mais narrado pela Rose -Dãan,é um spinoff - conta mais a história da Sidney, siim, aquela amiga alquimista da Rose,que vai ser lançado dia 23 de agosto, exatamente 8 dias depois do meu aniversário,mas na gringa,- é claro - aqui nem publicaram todos os livros de VA ainda,afzz. Mas enfim, eu sinceramente não queria lê-lo,porque eu achei a Sidney meio sem graça,mas para falar a verdade,acho que a Gil que devia narrar, então me deparei com isso e me veiu a tentação,acho que vou ler sim,vai que fala sobre a Rose ou Di? Nãaaao,não posso perder! 
Primeiro capítulo aqui
Disponibilizaram tb a capa do segundo livro dessa série, como um trecho como um prólogo do primeiro livro:

Capa de Boodlines (Linhas de Sangue)

Gostei da capa,não é uma das melhores mais eu já vi piores,segue mais ou menos os mesmos padrões de VA, eu acho que é óbiviu que é a Sidney,e o cara deve ser aquele que é afim dela e aparece em Last Sacrifice,na verdade,não lembro o nome, Hihi.


Isso é o que eu acho deve vir na contra capa ou ser o prólogo, me parece bem interessante: (Tradução)
"Ela é tudo o que ele vê quando fecha os olhos. Não importa o quanto tenta esquecê-la. Na importa o quanto ele beba ... ela está sempre lá. Ele não pode escapar dela."


Essa é a capa do segundo volume ' The Golven Lily ' que é alguma coisa como 'A Lily Dourada', e a capa não é muito dirferente da outra. O meu palpite é que a outra loira seja a Lissa,será? Talvez seja outra personagem que eu não conheça,mas seria legal,embora eu estaja louca para que a Rose aparece em pelo menos uma págininha.





quarta-feira, 20 de julho de 2011

Hush Hush - Sussuros (Becca Fitzpatrick)

Okey, eu estava relendo Hush Hush um dia desses, e uma coisa me passou pela cabeça , porque eu nunca postei sobre esse livro ? Provavelmente porque sou uma cabeça de vendo! Grande novidade . Mas enfim, é um livro super hiper empolgante e lindo, e o que eu mais ameei é que não é cheio de cafonices, ou seja, o relacionamento de Pacth e Nora não é aquilo de Eu-amo-você-mais-do-que-tudo-no-mundo , não até ai, e na verdade o livro é tanto um romance sobrenatural como um romance policial, então você vê um suspense que não é ruim,mas sim emocionante,que dá aquele friozinho na barriga e aquela vontade que termina o mais rápido possível. O Pacth tb ajuda  - e muuuito! - para que Hush Hush seja o meu livro preferido, porque não tem personagem mais fodáastico, esqueça Edward Cullen, Dimitre Belikov - Taah acho que esse eu não vou esquecer esse - ou Jace Wayland ,Pacth é o tipo cafajeste mais que nos faz sonhar e ama-lo apesar dos pesares, e mesmo achando a Nora fraca,eu gostei dela,porque em algumas partes ela se mostra muito inteligente não tendo nenhuma atitude estúpida já é o suficiente, mesmo que não seja uma Rose Hathaway da vida, é uma personagem simpática. A Vee é uma comédia,e eu definitivamente encontrei mais uma personagem em mim, suas cenas é Hilário e não tem como você não rir, a autora nos faz dá boas risada em todo o livro sem abrir mão do que realmente é importante,então palmas para titia Becca.



Sinopse: Entrar em um relacionamento não estava nos planos de Nora Grey. Pelo menos até a chegada de Patch. Seduzida por seu sorriso despretensioso e pelo olhar que parece enxergar através dela, Nora se sente incapaz de pensar com clareza.É quando uma sucessão de acontecimentos assustadores começa a cercá-la. Enquanto isso, Patch parece surgir em todos os lugares e mostra que sabe absolutamente tudo sobre sua vida. É impossí­vel decidir entre atirar-se nos braços dele ou fugir do perigo que o ronda.Na busca de respostas, Nora se aproxima de uma verdade ainda mais avassaladora que seus sentimentos por Patch. De repente, ela está no centro da eterna batalha travada entre anjos caí­dos e seres imortais - e quando chegar a hora de escolher um dos lados, a decisão errada poderá custar sua própria vida.

Pessoas cometem erros ...




 As vezes é preciso se afastar das pessoas que você ama, mas isso não quer dizer que você os ama menos, as vezes você os ama ainda mais... e temos que entender que pessoas cometem erros, até aquelas que amamos."
(A Última Música)



segunda-feira, 18 de julho de 2011

Aaaaah, Blog  #FDP ! Oxiii , todos que eu segui simplesmente desapareceu da lista, isso pode? Aii que ódio! Só me faltava esse mesmo, pra vocês verem como eu sou uma pessoa com muita sorte! Afzz...
Então gente, quem eu estava seguindo e parei de seguir não foi minha culpa, e nem sei de quem foi. Eu vou tentar seguir todos de novo,mas os que eu não me lembrar dá um Up aqui, Okey? 

Xoxo;*



 

Percy Jackson e Os Olimpianos: A Batalha do Labirinto - Rick Riordan

Aaah, cara eu estou fascinada ainda mais com o mundo dos meio-sangues, e nesse livro acontece tanta coisa,que eu simplesmente não consegui ler ele parada em um só segundo,sério. Nunca pensei que em apenas um livro pudesse acontecer tanta coisa sem atropelar nada.Rick é Divo!
Nesse livro vimos tensão do começo ao fim,é como se cada segundo seu coração tivesse para saltar pela boca. É um daqueles livros de não pular uma linha,porque se não você se perde no meio de tudo.
Percy fica mais lindo a cada dia *_* , e eu realmente não estou gostando de dividi-lo,porque com a Annabeth até que vai, eu adoro ela,mais eu definitivamente não gostei da Rachel,que ganhou muito mais destaque nesse livro,acho que assim como eu a não ficou muito feliz com isso. Não me leve a mal,a verdade é que ela é uma personagem bem legal e corajosa,mas é esse o problema, Percy tem que ficar com a Annabeth e ponto.Embora eu ache que a Rachel merece um final tb digno por o que eu tô vendo em O Ultimo Olimpo (Siim,eu já comecei a ler!) ela é realmente uma garota legal,mas eu ainda não me simpatizei muito com ela,. Taah,não tente entender,nem eu entendo! Haha.
Amei a cena do Pan, (Já tô soltando Spoiler,Eiiitah),mas eu achei linda e emocionante,tem muito haver com o que está acontecendo com o mundo atual e tudo mais. Na verdade o livro todo se pode levar em uma linguagem real,porque ao mesmo tempo que é ficção lembra muito a realidade,como a explicação que os deuses não podem se meter na guerra, com por minha concepção é um modo de dizer que no mundo real Deus não pode nos tirar o livre arbítrio,e que eles nos criou,e mesmo que não goste de nos ver fazendo nada de errado,ele se encontra de mão atadas,porque se fosse para interferir será que existiria tanta coisa errada no mundo? Tah vendo? Esse livro tb é educativo #meubem!
Trecho que marcou ()

- “Mas meu nome, Pan... originalmente significava rústico. Você
sabia disso? Mas com os anos ele passou a significar tudo. O espírito da natureza deve
passar para todos vocês agora. Você deve dizer a todos que conhece: se você quer
encontrar Pan, leve o espírito de Pan. Refaça a natureza, um pouco de cada vez, cada
um no seu canto do mundo. Você não pode esperar que ninguém, nem mesmo um Deus,
faça isso por você.” (Pág. 160)

Sinopse: O Monte Olimpo está em perigo. Cronos, o perverso titã que foi destronado e feito em pedaços pelos doze deuses olimpianos, prepara um retorno triunfal. O primeiro passo de suas tropas será atacar e destruir o campo de treinamento dos heróis, filhos de deuses com mortais, que desde a Grécia Antiga combatem na linha de frente em defesa dos olimpianos. Para assegurar que esse refúgio de semideuses - o Acampamento Meio-Sangue - não seja invadido, Percy Jackson e um jovem ciclope, ambos filhos de Poseidon, Annabeth Chase, filha de Atena, e Grover, um sátiro, são destacados para uma importante missão: deter as forças de Cronos antes que se aproximem do acampamento. Para isso, será preciso sobreviver ao emaranhado de corredores do temido Labirinto de Dédalo - um interminável universo subterrâneo que, a cada curva, revela as mais aterrorizantes surpresas.


domingo, 17 de julho de 2011

Meu Fanfic

Oláa pessoas, hoje eu vim trazer uma notícia para vocês, eu acabo de postar o primeiro capítulo do meu primeiro fanfic na minha conta no site do Nyah! , para quem não sabe é uns dos maiores site de fanfic do Brasil. Quem tiver uma conta tb me add lá, e quem quiser dá uma olhada é só clicar aqui. Eu fiz questão de ser sobre Niley (Meu casal preferido!) ,porque eu sou totalmente shipper deles!


Sinopse: 
 Não me leve a mal,eu amo quem eu sou,eu não quero ser ingrata,mais isso provavelmente soa estranho.Eu realmente amo o papel que desempenho,as canções que eu canto,mas, com tanta fama,as coisas que parece simples,são,derepente,tão de longe do meu alcance. Gostaria que eles pudessem ver,sera que entendem?
Sou uma garota normal,as vezes preguiçosa,e entediada.
Tenho medo,me sinto ignorada,me sinto feliz,me sinto boba, me engasgo com as palavras, faço pedidos,tenho sonhos
e ainda quero acreditar, que nada pode acontecer nesse mundo para uma garota comun como você, como eu. - Ordinary Girl


sábado, 16 de julho de 2011

Jamais desistirei disso.


Eu, sempre sonhei em ter meu emprego, meu apartamento, meu carro, meus cartões, meu guarda-roupas abarrotado de roupas e sapatos, meu cachorrinho de estimação, meu namorado, minhas frigideiras coloridas, minhas obrigações, minhas responsabilidades, minha independência, minha vida. Eu quero poder caminhar com minhas próprias pernas, sem depender de ninguém. Acredito que esse dia vai chegar, porque eu vou lutar todos os dias até que isso se torne real, até que eu consiga me tornar a pessoa que eu sempre sonhei ser, jamais desistirei disso. 



- Pessoas choram, não porque são fracas, mas porque têm sido forte por tempo demais.

;)

sexta-feira, 15 de julho de 2011

 


 - Acho que eu simplesmente não entendo. Porque alguém deveria se dar o trabalho de se apegar a alguma coisa se, a) não vai durar pra sempre e b) se dói demais quando acaba? - Ela balança a cabeça. - Se tudo é finito, se tudo tem começo, meio e fim definidos, então por que começar? Qual é a razão, se tudo leva ao fim? (...)
 
- Eu... Eu tento não pensar muito sobre isso. Mas o que eu quis dizer é que só porque algo acaba não quer dizer que seja ruim ou que alguém esteja fadado a se magoar, ou que nem deveria ter começado, ou o que quer que seja. Porque, se cada passo nos leva ao passo seguinte, como chegaríamos a algum lugar, como cresceríamos se evitássemos tudo que pudesse nos machucar ?
 

(Terra das Sombras - Os imortais - Ever e Haven)


Os Imortais - Para Sempre

Eu sei,sou uma relaxada quando se trata de postar os livros,as vezes demoram de mais,como no caso deste. Eu amo Os imortais,e isso não é novidade,é uma das melhores séries que já li, e embora deixe a desejar em alguns pontos, não tem como não se viciar e não amar o Damen () Sério. A Ever tem uma grande personalidade, nada de Eu-preciso-de-um-príncipe-encantado-para-me-salvar , o que só deixa tudo mais emocionante, é ate legal bancar a Bella de vez em quando (vc entendeu,a songa monga, a pobre indefesa), mas ser uma Ever da vida é bem mais legal,poder fazer as coisas por si mesmo, e as vezes até salvar quem vc ama.A Riley é uma figura tb, e os momentos dela e da Ever juntos são os mais fofos *--* , e tb um dos mais tristes .No fim do livro vc percebe vários conceitos,como que as vezes nem sempre demonstramos a importância das pessoas na nossa vida e,e depois que elas se vão,fica aquela vontade de dizer um eu te amo que não pode ser mais dito. Também percebe-se que avida nos modifica de um certo modo que,o que hoje pode ser o seu mundo,amanhã pode não significar nada,provavelmente,esse é o livro ideal para as pessoas,principalmente para os adolescentes,que chegam a uma idade que pensam que a vida é só festa,chorar por garotos ou garotas sem noção,e não percebe que tem coisas muito piores do mundo,e que merecem muito mais atenção.


Sinopse: Ever Bloom tinha uma vida perfeita: era uma garota popular, acabara de se tornar líder de torcida do principal time da escola e morava numa casa maravilhosa, com o pai, a mãe, uma irmãzinha e a cadela Buttercup. Nada no mundo parecia capaz de interferir em sua felicidade, o céu era o limite! Até que um desastre de automóvel transformou tudo em um pesadelo angustiante. Ever perdeu toda a sua família. Mudou de cidade, de escola, de amigos, e agora, além de todas essas transformações em sua vida, ela precisa aprender a conviver com uma realidade insuportável: após o acidente, ela adquiriu dons especiais. Ever enxerga a aura das outras pessoas, pode ouvir seus pensamentos e, com um simples toque, é capaz de conhecer a vida inteira de alguém. É insuportável. Ela foge do contato humano, esconde-se sob um capuz e não tira dos ouvidos os fones do i-pod, cujo som alto encobre o som das mentes a seu redor. Até que surge Damen. Tudo parece cessar quando ele se aproxima. Só ele consegue calar as vozes que a perturbam tão intensamente. Ever não entende o porquê disso, mas é incapaz de resistir à paz que ele lhe proporciona, à sensação de, novamente, ser uma pessoa normal. Ela não faz ideia de quem ou o quê Damen realmente é. Sua única certeza é estar cada vez mais envolvida... e apaixonada.

quinta-feira, 14 de julho de 2011

Como um arranha - céu



  Os céus estão chorando e eu estou assistindo,pegando as lágrimas com minhas mãos .O silêncio soa como um final, como se nunca fóssemos ter uma chance,você tem que me fazer sentir como se não tivesse restado nada de mim? Você pode levar tudo que eu tenho,você pode quebrar tudo que eu sou,como se eu fosse feita de vidro,como se eu fosse feita de papel.Vá em frente e tente me derrubar,eu vou levantar do chão,como um arranha-céu.Como a fumaça se dissipa eu me desperto e desvencilho você de mim,isso faria você se sentir melhor enquanto eu sangro? Todas minhas janelas ainda estão quebradas,mas eu ainda estou de pé. (...) Vá corra, corra, corra.Eu vou ficar bem aqui,vendo você desaparecer.Vá corra, corra, corra,sim, é um longo caminho,mas eu estou mais perto das nuvens daqui.

Demi lovato - Skyscraper


Vampire Academy - Shadow Kiss

Sinceramente, Shadow Kisses (ou Tocada pelas Sombras) é o livro mais lindo de toda a série de VA, e tb um dos mais surpreendentes (só perdendo para Last Sacrifice), eu nunca pensei que isso aconteceria no terceiro livro,sério. Quando eu soube que a série tinha seis livros,eu pensei que aconteceria algumas coisa para mudar tudo,mas que seria lá pro quinto ou sexto livro,mas foi nesse terceiro,e na verdade,eu amei,todos livros tem histórias coerentes e bem distribuídas.
Rose mostra que sempre é fodástica,e teve uma parte em especial que me fez chorar rios  (Eu já postei aqui). Engraçado que eu percebi uma coisa que no meio de tanta fantasia é muito real,isso de lutar para o que tanto queremos,e no fim acabar desistindo porque no meio dessa jornada vc viu que muitas coisas são mais importantes,e que valem mais a pena (no caso da Rose o Dimitre). Outra coisa tb é isso sempre ter que abrir mão,e assim como na vida real,nunca é perfeito. Acho que é por isso que eu amo tanto esses livros sobrenaturais, porque no meio de tudo isso se torna algo tão humano que realmente nos toca mais do que se a história fosse real, é porque é muito mais intenso. Sei que muitas pessoas criticam esse genero,mais tenho sei que nenhuma dessas pessoas já leram algum, e tenho certeza que se fossem esses livros que caíssem no vestibular seria bem mais divertido estudar (é bom sonhar né?).


Sinopse: Rose Hathaway sabe que é um erro se apaixonar por um de seus instrutores. Lissa, sua melhor amiga e última princesa do clã dos Dragomir, deve vir sempre em primeiro lugar. Rose precisa protegê-la. Mas, infelizmente, quando se trata de Dimitri Belikov, algumas re-gras parecem existir apenas para serem quebradas. Justamente quando Lissa e Rose veem seu pior inimigo, Victor Dashkov, a um passo de sair da prisão, imagens sombrias começam a invadir a mente de Rose, prenunciando algo terrível à espreita da Escola São Vladimir. A tensão ronda o mundo dos Moroi mais do que nunca. Os Strigoi desejam vingança pelas mortes causadas por Rose em Spokane. Numa batalha de tirar o fôlego, ela viverá seus piores pesadelos ao ter de escolher entre o amor de sua vida e sua melhor amiga. Será que essa escolha significa que apenas um deles sobreviverá?




quarta-feira, 13 de julho de 2011

E ai, como é que fica ?


Eu vim aqui hoje com um motivo específico, falar sobre o que está acontecendo na minha escola,ou melhor, na cidade onde eu moro. Eu sei que provavelmente ninguém lá de cima vai ler sobre isso,e nem se os meus leitores se importam com isso,mas acho muito importante expor minha opinião,e não há lugar melhor do que o meu próprio blog. Na minha escola não há livros didáticos suficiente para todos,e ontem mesmo eu fique sem estudar para uma prova,e tive que ouvir de uma professora que se eu quisesse teria que pesquisar sobre os assuntos,então lá vai a questão,será que ela parou para pensar sobre se todos tinham onde levar essa pesquisa adiante? provavelmente não. É um absurdo pensar que não podemos ter nem uma educação digna,já que não temos nenhum lazer e nem cultura nesses confés de Judas.Eu me pergunto onde é que se aplica os impostos que pagamos em até uma bala que chupamos, já que tanto dizem que é aplicada na saúde,segurança e educação e não vejo nada disso aqui. A educação não é das melhores,e o ano passado ouvi um incidente aqui em casa e simplesmente os políciais não poderam vir porque não havia gasolina na viatura,é um absurdo,eu sei. E se fosse algo bem mais sério,como é que faria ? provavelmente haveria morte,como muitas que acontece.Um dia desses eu fui na biblioteca pública e não pude pegar um livro porque a prefeitura não tinha liberado os adesivos de código para os livros,que estão lá a meses,não permitindo o acesso. Olha, eu não estou culpando os policiais, professores ou bibliotécarios,nem a própria prefeitura por isso, eu só estou tentando entender,porque todo mundo que eu procuro diz que não é culpado,e se ninguém é, então de quem é a culpa ? Talvez seja minha,ou de todos, eu só sei que eu sinto que não é só assim que é aqui, sei que em muitos lugares acontece  o mesmo,em todo o Brasil,então provavelmente eu não sou a única que passa por isso. Não quero ser hipócrita,nem quero ser a certinha ,só acho que não devia me deixar calar,porque nós podemos não ter uma boa educação nem uma boa segurança,mas ainda temos liberdade na América (Aleluia!).

Feliz dia do Rock!


 Hello baby's , não é novidade que hoje é o dia do rock e eu queria postar uma homenagem aos meus divos que me fazem amar esse gênero. Eu simplesmente amo Beatles, pode ser esquisito,mas adoro clássicos ( Lucy in the sky with diamonds ) e ouço até índi,mas isso não vem ao caso,claro. Tb amo com todo o meu coração Nirvana, adoraria ter nascido nessa época,onde o suor corria pelo cabelo seboso, calças jeans baixas de mais, cabelos rebeldes voando ao vento e camisas bregas (tah parei,#brink's), Kurt I Love You . U2 não poderia ficar de fora tb, Sunday body Sunday... ♫ , assim como Iron Maiden,mas acho que esta última é mais Havy Metal. E chegamos as melhores bandas atuais para mim,que sem sombras de dúvida é Green Day e Paramore,claro.

1 - 800 - Onde está você : Quando Raios Atingem (Meg Cabot)

Hey, eu tinha que postar sobre esse livro porque além de ser muito legal é da tia Meg hihi, então já dá pra perceber que é diversão garantida. Ameei a Jessica, garotas de um metro e meio que batem em idiotas são bem o tipo de pessoa que daria uma ótima amiga para mim (Né gabi?) o que me lembra tb a mim, mas vamos dizer que eu tenho um metro e sessenta,ou seja,não sou tão baixa assim,mas alguns centímetros a mais eu até agradeceria.
Mais uma coisa que eu amei na Jessica, além de bater em garotos,é suas atitudes que nos fazem tanto admira-la,como tb rir pra caramba de tudo, acho que Meg teve seu lado eloquente,já que muitas das suas personagens são assim,o que me lembra a Sam,Suze e tantas outras personagens que trazem uma personalidade um tanto quando forte em seus livros.Sim,esse livro é sobrenatural,e eu sei que muitas pessoas como eu própria ao ler a sinopse não sentirão um grande interesse,mas eu super indico que comece a leitura,porque vc não vai conseguir parar mais. No mesmo jeito que ameei a Jessica odiei a sua mãe,sério,que mulherzinha mais chata! Na minha perspectiva opinião a culpa de tudo que acontece com o irmão dela é culpa da mãe,e espero que nos próximos livros ela mude.


 Sinopse: Jessica Mastriani nunca foi o que você chamaria de uma típica adolescente do meio-oeste americano — suas atividades extracurriculares, em vez de líder de torcida, incluíam briga com o time do futebol e um longo mês de suspensão. Uma parte de Jess gostaria de ser a rainha do baile que sua mãe sempre desejou que ela fosse, mas outra parte dela secretamente conta os dias até que ela tenha economizado dinheiro suficiente para comprar sua própria moto Harley.
Então algo acontece...
Durante um passeio em um dia particularmente tempestuoso, ela foi atingida por um raio e sobreviveu.
A partir daí, Jess ganhou uma habilidade única. Ela se tornou conhecida como a Menina Relâmpago — com um poder psíquico capaz de localizar qualquer pessoa, morta ou viva.
Agora, sempre que Jess vê o retrato de uma criança desaparecida, ela sabe exatamente onde ela está.
Devolver crianças desaparecidas com seus pais desesperados é uma coisa, mas Jess deve escolher se vai usar seu poder surpreendente para o bem... ou para o mal.

terça-feira, 12 de julho de 2011

O que era certo eu aprendi a sempre questionar.


 Sei mais do que eu quis,mais do que sou,sei do que sei,só não sei viver sem querer ser mais do que sou.O fato é o ato da procura e a cura não resiste só,o que era certo eu descobri nem sempre era o melhor .Abri os olhos,não consigo mais fechar,assisto em silêncio,até o que eu não quero enxergar.Não sei afastar,a dor de saber que o saber não há,só não sei dizer se esse meu ver se pode explicar.Enquanto eu penso, tanto entendo que é mais fácil não pensar, o que era certo eu aprendi a sempre questionar.


Sandy&Junior - Abri os Olhos

segunda-feira, 11 de julho de 2011


 Hey pessoas, vocês devem ter percebido que estou meio ausente aqui,e felizmente ou infelizmente a culpa não foi a da minha net (aleluia). Pois é , a minha sábia professora de inglês resolveu mandar um trabalho sobre um filme,e até ai tudo bem, mas o problema é que ela qr que peguemos esse filme e encene para ela em inglês,não me pergunte o porque disso porque eu ainda não descobri. Ah, outra causa da minha provável ausência é que o meu professor de geografia,que disse que América Central não existe,ele foi o mesmo que disse que o vulcão de Seattle ficava no pacifico,está marcando todo dia uma prova que não rola,e que provavelmente não vai acontecer. Hello, querido Seattle é uma cidade americana,e não existe vulcões lá. Mas enfim... eu devo continuar um pouco off já que eu me ferrei totalmente em matemática na primeira unidade e tenho que recuperar na próxima (Sim,aqui na minha cidade ainda estamos na segunda unidade!) e falando em matemática, um grande foda-se ao meu lindo professor de matemática que me fez pela primeira vez na vida perder em uma matéria, na verdade,todo mundo na sala perdeu,então eu me pergunto: São meus 38 colegas e eu que estamos errados ou esse professor ?
É melhor eu parar por aqui,e já concluindo,o ensino público é uma grande porcaria, com P maiúscula.Isso mesmo,não vejo aonde está sendo aplicado o nosso dinheiro, já que não podemos nem ao menos levar os livros para casa porque não há o suficiente para todos. #ÉoCumulo

Xoxo;*

Hoje eu acordei...


 numa casa diferente, num quarto diferente, sem nenhuma muleta, sem nenhuma maquiagem, meus amigos estão ocupados, meus pais não podem sofrer por mim. Hoje eu acordei sem nada no estômago, sem nada no coração, sem ter para onde correr, sem colo, sem peito, sem ter onde encostar, sem ter quem culpar. Hoje eu acordei sem ter quem amar[...] ”

- Tati Bernardi


Percy Jackson e Os Olimpianos: A Maldição do Titã - Rick Riordan

Em A Maldição do Titã tenho muitas teorias comprovadas,(assim como Annabeth e Percy ) e cada vez mais considero Rick Riordan um gênio,série. O Cara consegue transformas um mito grego em uma história totalmente atual sem ser frustrante,o que para mim é totalmente maravilhoso,comparando muitos fracassos que temos hj,é o que mais eu vejo (Credo, Clara Luna e Apollo 11). Voltando para o terceiro volume dessa série, eu não me simpatizei com a Thalia de começo,eu via ela como uma ameaça para o Percy,mas no fim percebi que eu não me simpatizei com ela por ser tão parecida com o próprio Percy,como a Annabeth falou, e para mim só existe um Percy Jackon,hihi.
De várias maneiras vimos um amadurecimento tanto da história em geral quanto mais e mais dos personagens,Owwn, me sinto um mãe orgulhosa. É muito engraçado as emoções que sentimos em uma série,porque eu via o Percy como meu irmão mais novo,e parece que foi a semana passada (é porque foi a semana passada que li o Ladrão de Raios hehe) e hj olho para ele com mais um guerreiro e herói dos meus sonhos. Ok, eu não nego, eu sou totalmente nerd ,e tenho uma fascinação extrema por vários assuntos de nenhum interesse para a maioria das pessoas, mas estou mais fascinada do que da vez que li a Odisseia por a mitologia grega,e me pego pesquisando. Sinceramente, eu sempre fui assim.Quando entro em um assunto é difícil me controlar,mas provavelmente vai entrar na lista de coisas que me fascinam,mas enfim,só nos resta esperar por a próxima resenha.


Sinopse: Um chamado do amigo Grover deixa Percy a postos para mais uma missão: dois novos meios-sangues foram encontrados, e sua ascendência ainda é desconhecida. Como sempre, Percy sabe que precisará contar com o poder de seus aliados heróis, com sua leal espada Contracorrente... e com uma caroninha da mãe. O que eles ainda não sabem é que os jovens descobertos não são os únicos em perigo: Cronos, o Senhor dos Titãs, arquitetou um de seus planos mais traiçoeiros, e os meios-sangues estarão frente a frente com o maior desafio de suas vidas: A Maldição do Titã.

sexta-feira, 8 de julho de 2011

Não é a morte que tememos, é a vida .


"Edward confiou em mim com mais que sua vida. Ele confiou em mim para se certificar que morreria bem. Para um homem como Edward não havia maior confiança. Nós nunca fomos as compras juntos, ou comemos um bolo inteiro. Ele nunca me convidaria para sua casa para um jantar ou um churrasco. Nós nunca fomos amantes. mas havia uma boa chance de um ser a ultima coisa que o outro veria. Não foi a amizade da forma que mais pessoas entendem, mas foi amizade.haviam muitas pessoas a quem eu confiaria minha vida, mas não ha ninguem que eu confio minha morte. Jean Claude e Richard iria mesmo tentar me manter viva, de amor ou alguma outra coisa. Mesmo minha família e amigos iriam lutar para me manter viva. se eu quisesse a  morte, Edward daria pra mim. Porque nós entendemos que não é a morte que tememos. É a vida. Edward salvou a minha vida mais de uma vez. Eu salvei a vida de Edward mais de uma vez. No entanto ... ainda ... sentiria falta de Edward, mas eu o mataria se tivesse que fazer. Edward me perguntou por que sou tão solidária com os monstros. A resposta é simples. Porque sou um deles." - 

(Anita Blake 9 - Borboleta Obsidiana)




Mas essa é a minha escolha !



 — Não é sobre você, certo? Dessa vez, é sobre mim. Não você. É minha vida, Lissa... toda a minha vida, tem sido a mesma. Eles vem primeiro. Eu vivi minha vida por você. Eu me treinei para ser sua sombra, mas você sabe o quê mais? Eu quero vir primeiro. Eu preciso cuidar de mim uma vez. Eu estou cansada de ter que cuidar de todo mundo e ter que colocar de lado o que eu quero. Dimitri e eu fizemos isso, e olha o que aconteceu. Ele morreu. Eu nunca vou segurar ele de novo. Agora eu devo a ele fazer isso. Eu sinto muito se te magoa, mas essa é a minha escolha! -  
(Lissa e Rose -  Shadow Kiss)



(nessa hora eu já tava morrendo de chorar!)

Devido a alguns problemas por causa do novo layot tive que excluír a página de My favorite quotes, mas eu estarei postando diariamente as quotes nos poste's do blog. 
Enjoy ! ~*

quinta-feira, 7 de julho de 2011

Percy Jackson e Os Olimpianos: O Mar de Monstros - Rick Riordan

Tah,eu não cumpri o prometido e acabei pegando emprestado o segundo volume de Percy Jackson. Tenho que dizer que eu amei ? *--*  Eu estou cada dia mais fascinada com o mundo que Rick Riordan inventou,e tb com o Percy (Adorei o Tyson,Owwn,é a cosinha mais feia e fofa que eu já li,aushaus). O que mais me agradou nesse livro é que finalmente falaram da profecia,uma coisa que me deixou de orelha em pé em o Ladrão de Raios, e tb a aproximação da Annabeth e o Percy (), eu torço muito para que vire um casal,e na verdade, não querendo soltar spoiler mais já soltando,me falaram que eles vão ter um relacinamento sim,só não vou falar em que livro porque já é d+ ! U.U
Gente,que final foi aquele ? Aaah, eu nunca imaginei isso,é totalmente imprevisivel e eletrizante. Acho que é por isso que estou gostando tanto dessa série,quando vc pensam que está acabando,já dá entrada em outra coisa que deixa vc mais curiosa ainda,(eu sinceramente pensei que tinha acontecido algo muito ruim com a Annabeth, e ao ver que era aquilo ,fiquei tipo WTF?) Eu mesmo sempre desconfiava do Luke,mas me simpatizava com ele,mas essa simpatia foi de água a baixo em O Mar de Montros, é impressão minha ou a Annabeth tem uma queda por ele? Espero que isso não traga confusão. Estou loucamente,desesperada por A Fúria do Titãs, e vou ver se esse amiga me empresta (Gréice hihi *--*).


Sinopse: Segundo volume da saga Percy Jackson e os Olimpianos, O Mar de Monstros narra as novas aventuras de Percy e seus amigos na busca do Velocino de Ouro, o único artefato mágico capaz de proteger o Acampamento Meio-Sangue da destruição.
É com essa missão que ele e outros campistas partem para uma eletrizante viagem pelo Mar de Monstros, onde deparam com seres fantásticos, perigos e situações inusitadas, que põem í prova seu heroí­smo e sua herança. Está em jogo a existência de seu refúgio predileto e, até então, o lugar mais seguro do mundo para eles.
Antes de tudo, porém, nosso herói precisará confrontar um mistério atordoante sobre sua famí­lia - algo que o fará questionar se ser filho de Poseidon é uma honra ou uma terrí­vel maldição.