sábado, 21 de janeiro de 2012

Frases A Mediadora ♥


# - ” E foi como se o mundo, que nas ultimas semanas tinha estado fora do eixo, subitamente se ajeitasse. Eu estava nos braços do Jesse, e ele estava me beijando, e tudo estava bem. Mais do que bem. Tudo estava perfeito. Porque ele me amava. ”

                      # -  "O que você acha que eu sou? Uma amadora?" 
"Não. Uma idiota."


 # - O amor não correspondido é legal em livros e coisas, mas na vida real, enche completamente.’
 - A mediadora: Assombrado


                     # -  “ -Não foi só isso. Eu só… Eu só não sou um bom perdedor.
Encarei-o. Não importando com o que ele disse.
-Não entendo-falei, balançando a cabeça- O que você perdeu? Você não perdeu nada.
-Não?-seu olhar se cravou no meu-
” 


#  - A vida é curta e se houver coisas para serem consertadas, você tem que concerta-las depressa, antes que seja tarde de mais 


                  # -  Pobre mamãe. Ela sempre quis ter uma filha adolescente legal e normal. Em vez disso, foi arranjar a mim. 


 # - Mas, pensei com o coração martelando doidamente, e se não fossem os sentimentos que eu esperava? E se afinal ele não me amasse? E se ele tivesse decidido que só queria ser meu amigo? Eu morreria, só isso. Ia me deitar e morrer.


                 #Como você está se sentindo?”
“Eu? Estou ótima”
“Bom. Precisamos conversar.”
De respente não me sentia mais relaxada… Não sei por que, mas meu coração começou a bater muito depressa. Sobre o que ele queria falar? Sobre a parte que eu quase morri? Eu não queria falar disso. Porque o fato é que toda essa parte, a parte em que quase morri, bem, quase morri tentando salvá-lo. Sério. Esperava que ele não tivesse notado, mas pela sua cara dava para entender que tinha, totalmente. Quero dizer, notado. E agora queria falar sobre isso. Mas como é que eu poderia falar sobre isso? Sem deixar escapar. Quero dizer, a palavra que começa com “a”.
“Sabe de uma coisa? Não quero conversar. Estou cheia de conversas.”
“Ótimo. Não precisamos conversar.
E foi então que ele me beijou. Na boca.


- Não me importa o que ela quer - disse Soneca. Sua voz não estava dura. Estava simplesmente confiante. - Ela não vai entrar num carro com você, e ponto final.
- Acho que não. - Michael deu outro passo na direção de Soneca. E foi então que vi seus dois punhos fechados.
Punhos! Michael ia lutar com Soneca! Por minha causa!
Isso era tremendamente empolgante. Nunca dois garotos tinham lutado por minha causa. Mas o fato de um deles ser meu meio-irmão e ter praticamente tanto apelo romântico para mim quanto Max, o cachorro da família, abafou um pouco meu entusiasmo.
E Michael também não era grande coisa, pensando bem, já que era potencialmente assassino e coisa e tal.
Ah, por que eu tinha de ter dois fracassados daqueles querendo brigar por minha causa? Por que Matt Damon e Ben Affleck não brigavam por mim? Isso sim seria excelente.


4 comentários:

Amanda Steilein disse...

Eu adoro a Suze, sério mesmo *-*

Layla Saluanne disse...

Aiii, quem não ama esse personagem ? Suze é realmente d+

Louise Berdine disse...

aaaaamei , sempre lindo aqui *--*

Layla Saluanne disse...

OBrigaaada Louise!:)